Clicky
Dicas profissionais

8 Melhores investimentos para juntar sua reserva de emergência em 2021!

ANÚNCIO

Se quer um ambiente mais seguro para sua vida, especialmente conhecer investimentos para juntar sua reserva de emergência é importante.

Atualmente estamos em um momento onde estamos rumo ao pior cenário econômico do Brasil, inclusive com estagflação.

Com isso, criamos sentimentos de medo, principalmente por questões financeiras que podem acontecer a qualquer momento.

ANÚNCIO

Ter uma reserva de emergência é a melhor maneira de conseguir sobreviver e ter mais segurança em momentos econômicos tão difíceis.

Além disso, ela te fornece um colchão para que possa criar hábitos para ter mais liberdade financeira.

8 Melhores investimentos para juntar sua reserva de emergência em 2021!
8 Melhores investimentos para juntar sua reserva de emergência em 2021!

Ela é uma solução interessante para garantir sua estabilidade financeira por até 6 meses de vida, por isso ela é o valor total de 6 rendas mensais.

Então, os primeiros passos para juntar uma reserva financeira e principalmente aprender onde investir esse dinheiro continue com a gente.

Pode não ser fácil no começo, porém como em uma academia, com o tempo sentirá cada vez mais os efeitos positivos.

Por isso, resolvemos trazer alguns dos melhores investimentos para juntar sua reserva de emergência, com isso iniciando sua liberdade financeira.

Eles são investimentos com baixo risco, possuem boa liquidez a longo prazo e especialmente são lugares interessantes para manter sua segurança.

Para conhecer o investimento mais alinhado a seus objetivos é necessário conhecer qual o seu perfil de investidor antes.

Além disso, vamos te mostrar cada aplicação para cada tipo de perfil que você possa ter, com isso vamos dos mais conservadores até os mais arrojados.

Então, continua com a gente para saber qual o seu perfil e principalmente qual o investimento é melhor para sua vida.

Perfis de investimento

Existem 3 diferentes tipos de perfis de investimento que são voltados a 3 características suas que são:

  • Resistência a riscos;
  • Conhecimento de mercado;
  • Rentabilidade.

Portanto, pessoas que são mais seguras para não correrem grandes riscos, que possuam pouca instrução de mercado financeiro, deverão começar com investimentos de pouca rentabilidade.

Com isso, são chamados perfis conservadores, que podem mudar ao longo do tempo a sua estratégia, porém no início é fundamental começar assim os primeiros passos.

O perfil moderado é um pouco menos resistente a riscos que o conservador, porém ele ainda não arrisca muito para ter bons rendimentos.

Por isso, pessoas que já possuam um pouco mais conhecimento financeiro se alinham e esses tipos de investimento.

Agora, se possui uma boa experiência de mercado, não tem aversão a riscos se eles te oferecem grandes rendimentos para fazer uma boa reserva, você é arrojado.

Com isso, vamos te mostrar investimentos para construções de reservas para cada tipo de perfil, do mais seguro ao mais rentável.

Tesouro Direto Selic

Um dos títulos financeiros mais interessantes para investir em reserva de emergência, principalmente pelo seu baixo risco.

Ele não paga grandes rendimentos, porém é um dos investimentos mais seguros e fáceis de serem retirados caso aconteça emergências.

Com isso, o Tesouro Selic é uma ótima maneira de criar seu colchão de segurança, especialmente se for iniciante, se quer começar a investir na sua liberdade financeira, esse é um bom caminho para começar.

Além disso, esse investimento tem garantia do FGC, que funciona como um seguro caso aconteça algo de errado com seu aporte.

Portanto, se o banco ou instituição financeira que colocar o seu dinheiro não puder pagar, o FGC devolve todo o seu investimento com juros.

Vale lembrar que a principal diferença desse para outros investimentos é que sua taxa de juros é atrelada à taxa básica Selic.

Existem 3 tipos de tesouros diferentes que se adaptam a cada um dos perfis de investimento.

O primeiro é o prefixado que funciona pagando um valor fixo ao final do contrato, com isso você pode saber exatamente quanto irá conseguir ao final do investimento.

Portanto, é o mais seguro e voltado para perfis mais conservadores, diferente do tesouro pós fixados.

Que o valor final pago varia de acordo com a taxa Selic por exemplo, com isso você pode receber menos ou mais que um prefixado por exemplo.

O terceiro tipo é o hibrido, que une pré e pós fixado com uma parte da remuneração de acordo com as taxas variando, porém, outra já fixa ao final do resgate.

Tesouro IPCA

O Tesouro IPCA difere tendo sua taxa de juros pagas de acordo com o IPCA,  também existe uma taxa pré-fixada.

Por isso, é um dos investimentos para juntar sua reserva de emergência para iniciantes e quem já está construindo sua reserva também, você pode começar a aplicar a partir de 40 reais para começar a construir sua segurança financeira.

ANÚNCIO

Uma ótima opção para se acontecer algum imprevisto, é poder contar com essa quantia para te ajudar, sem deixar de render ao menos um pouco, portanto o seu dinheiro não desvaloriza com o tempo.

Além disso, é mais fácil para iniciar com pagamentos menores e mais acessíveis a todos, principalmente pelo momento grave que vivemos, o Tesouro IPCA é um dos investimentos para juntar sua reserva de emergência que podem ser melhores para você de perfil conservador.

Com isso, se acontecer algum problema com a instituição e ela não poder pagar o seu investimento, o Banco Central arca com essa dívida e com os juros sobre, é muito seguro para começar a montar sua reserva com essa aplicação, fazendo de maneira gradativa.

CDB liquidez diária

Esse CDB é um investimento que rende diariamente uma parte é oferece a chance de resgate sem qualquer problema a qualquer momento.

Portanto, ótimo lugar para deixar uma reserva em caso de emergência, se precisar de um valor você pode usar assim que surgir o problema, existem investimentos com resgate em prazos, por isso você pode receber um valor maior, por curtos períodos de tempo.

Por isso, o CDB liquidez diária é um dos investimentos para juntar sua reserva de emergência mais interessantes.

Sendo a aplicação para os perfis conservadores e moderados mais populares, oferecendo boa rentabilidade e segurança.

Existem também formas de conseguir mais rentabilidade com o CDB, com títulos prefixados você só poderá resgatar em alguma data específica.

Com isso, o seu dinheiro ficará investido por um determinado prazo dentro da instituição que escolher, ele vai te pagar mais sobre esse valor, portanto uma maneira de fazer um pouco mais de dinheiro, os prazos são diversos meses até longos tempos.

Lembrando que quanto mais tempo o dinheiro ficar aplicado, maior será o seu rendimento.

Debêntures

Debêntures são maneiras de investimentos de renda fixa que são para quem procura diversificar e fugir das opções comuns.

Eles são dívidas de empresas que você compra e recebe juros em cima do valor pago.

Alguns aspectos interessantes do investimento são:

  • São isentos de IR e IOF, quando enquadrados em debêntures de infraestrutura (Lei 12.431);
  • Possuem liquidez de acordo com o mercado;
  • Possui remuneração prefixada, % do CDI ou por índice de preços.

Eles não possuem a garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), como se fosse um seguro para devolver o dinheiro em casos de problemas.

Por isso, se a empresa falir você pode perder o seu dinheiro.

Tente escolher a empresa com cuidado, principalmente por informações estudadas dela nos últimos 2 anos.

Além disso, você pode investir num fundo de crédito privado que investe em debêntures, com isso minimizando seus riscos.

Letras de câmbio

São títulos oferecidos por financeiras, parecidas com o Certificado de Depósito Bancário, porém de bancos menores.

Por isso, oferecem em muitos casos liquidez maior que os bancos convencionais, por exemplo.

Algumas características importantes do investimento são:

  • Seguro por estar na garantia do FGC, com limite de até R$ 250 mil por CPF ou CNP;
  • Imposto de Renda via tabela progressiva;
  • IOF se você resgatar o montante antes de 30 dias.

CRI e CRA

Os Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRAs) e os Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs) são investimentos de renda fixa não tão conhecidos.

Eles funcionam com compras de dívidas nos setores citados acima.

Com isso, não possui garantia com do FGC, porém igualmente como o Debênture você pode usar um fundo para ter mais segurança em investir em CRI e CRA.

Portanto, tendo mais segurança com a liquidez é sendo muito melhor que os outro investimentos.

Fundos Imobiliários

Fundos Imobiliários são fundos criados para investir em aluguéis de diversos setores do mercado. Portanto, diferente de um aluguel normal, você tem a certeza que receberá todos os meses.

Assim sendo, os Fundos Imobiliários são ótimas oportunidades de investimentos a longo prazo, principalmente para aposentadoria. Além disso, ele é isento do Imposto de Renda e rende mensalmente ou semestralmente dependendo do fundo.

Você pode começar a investir aos poucos, com isso, com mais tempo terá uma boa quantia guardada para proporcionar tranquilidade na aposentadoria.

Fundos DI

O Fundo DI é considerado o mais conversador de investimento de fundos, sendo induzido a aplicar 95%do montante em títulos públicos Selic.

Por isso, essa aplicação de renda fixa é uma forma de assegurar que o seu dinheiro crie lucros com segurança, eles possuem resgate a qualquer momento sem nenhum tipo de prejuízo.

Portanto é ótimo para se uma emergência acontecer você esteja preparado. Um problema é que possui uma taxa de administração que pode evoluir de 0% até 3,5% pago a correta.

Para conseguir escolher ótimas opções nesse investimento de menos de 1 ano, as melhores escolhas são em Fundos DI com taxas de no máximo 0,5%.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Parabéns, voce foi selecionado!

Receba as vagas com antecedência, digite seus dados abaixo: