Compensa fazer uma faculdade depois dos 30 anos de idade em outra área?

ANÚNCIO

Caso pense em começar um curso após os 30 anos, não pense que você está sozinho, muitas pessoas após os 30 anos começam outra faculdade. De acordo com os dados das universidades, um terço dos nossos alunos de graduação estava mais ou mesmo entre 25 e 35 anos de idade.

De acordo com a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), pessoas com diploma ganham 156% a mais na mesma posição do que aqueles sem diploma. Então, se você não tem um certificado, é bom buscar um.

Além de uma base salarial melhorada, os profissionais de pós-graduação costumam ser mais requisitados na hora de contratar, mas se você já é formado e está procurando mudar de carreira, há alguns pontos que você deve considerar. Se você deseja seguir uma carreira que exige um certificado, como médico, advogado ou até mesmo como contador, a faculdade é o caminho a percorrer.

ANÚNCIO

Por acaso você quer seguir um caminho muito distante da sua: por exemplo, de auxiliar de empresas a ciências da vida. A graduação lhe dará um apoio necessária.

Estudar a Distância (EaD) é uma ótima alternativa para quem tem dificuldade de retornar à escola após os 30 anos. Ele é projetado para educação a distância e oferece mais flexibilidade para quem trabalha em tempo integral.

Compensa fazer uma faculdade depois dos 30 anos de idade em outra área?
Compensa fazer uma faculdade depois dos 30 anos de idade em outra área?

Complementar a faculdade com a pós

Portanto, caso está fazendo isso apenas para completar seu perfil profissional, uma pós-graduação, será uma excelente solução. Há também campos que não exigem um diploma do zero.

ANÚNCIO

Um bom programa de pós-graduação precisa apenas de um acréscimo: uma matéria realizada pelo Portal Catho mostrou que profissionais com especializações, mestrados ou doutorados ganham, em média, 22% a mais que os graduados.

Portanto, se você pretende continuar em seu campo, mas deseja adicionar qualificações ao seu diploma. Aqueles com formação em português alfabético podem complementar seus programas acadêmicos com cursos de inglês e ensinar outro idioma.

Um diploma ministrado no ensino médio é necessário para historiadores ou cientistas sociais com apenas um diploma de bacharel (permitindo trabalhar em cargos corporativos e acadêmicos).

Nesses casos, vale a pena voltar ao portfólio da faculdade, mas não é necessário que comece tudo do zero.

Mas tenha calma

Sendo assim, uma questão importante a ser observada nessas situações é organizar a passagem para a transição de carreira.

Sendo assim de ter um bom entendimento da área para a qual você planeja ir, também é importante começar a fazer networking.

Contudo, Você pode começar a estudar a distancia sobre este novo ciclo que irá se iniciar em sua vida com pesquisas na internet e funcionários antigos, para concretizar que realmente deseja iniciar este curso e que vai valer a pena fazer este esforço após os 30 anos para concluir outra faculdade.

Tenha muita calma, escolha com sabedoria e faça perguntas para as pessoas que estão na área a mais tempo para entender e saber a opinião delas referente ao que escolheram fazer.

Umas simples pesquisa pode mudar o rumo de tudo, pois vai te mostrar coisas que você não tinha visão a fundo.

Portanto sua posição atual e tentar pegar informações de trabalhadores e recrutadores em sua futura carreira. Encontre dicas de como se destacar e alavancar sua experiência anterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.