Conheça a carga horária e os salários dos funcionários que atuam como jovens aprendizes

ANÚNCIO

Antes de tudo, é preciso saber quando um jovem quer entrar no mercado, existe um esquema chamado Aprendizagem Jovem que é totalmente regulamentado pelo governo através da Lei da Aprendizagem. Ou seja, o projeto visa proporcionar uma oportunidade de primeiro emprego para jovens que desejam ingressar no mercado sem qualquer experiência profissional.

Portanto, de acordo com a Lei, as médias e grandes empresas precisam empregar entre 5% e 15% dos aprendizes, e a idade permitida entre 14 e 24 anos.

Uma vez contratado o jovem, o prazo máximo do contrato é de 2 anos, com a possibilidade de a empresa entrar em vigor após o término do contrato.

ANÚNCIO

Agora, você está se perguntando como funciona, quantas horas do salario permitidos neste contrato de trabalho? Fique ligado para saber mais!

Saiba mais o que seria um jovem aprendiz

O desafio para os jovens no mercado de trabalho é encontrar a primeira oportunidade de trabalho, respeitando o fato de ainda serem inexperientes e em desenvolvimento.

Para tanto, foi desenvolvido um programa de aprendizagem de jovens com respaldo legal para enfrentar os desafios atuais enfrentados pelos jovens e promover o desenvolvimento de empregos no Brasil.

Conheça a carga horária e os salários dos funcionários que atuam como jovens aprendizes
Conheça a carga horária e os salários dos funcionários que atuam como jovens aprendizes.

No entanto, estes trabalhadores terão a oportunidade de se integrarem na sociedade através do primeiro emprego para desenvolverem competências e competências no mundo do trabalho.

Empresários empregados colaboram para dar aos aprendizes um futuro profissional promissor, fornecendo conhecimentos práticos e teóricos por meio de cursos de capacitação. No entanto, confira abaixo o horário de trabalho para os jovens.

ANÚNCIO

Mas quantas horas um jovem trabalha ?

Como o programa de aprendiz e totalmente regido por lei e regido pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) instituída pelo governo, os jovens que conseguem emprego dessa forma têm tempo para concluir e só podem trabalhar as horas permitidas pelo programa. , um jovem Eles podem trabalhar de 4 a 6 horas por dia sem afetar seus estudos e vida pessoal.

Além disso, horas extras para esses trabalhadores iniciantes extremamente proibidas. Veja o cálculo de horas de trabalho abaixo.

Saiba como e feito o calculo

O Departamento do Trabalho elaborou uma tabela mostrando quantas horas os jovens trabalharão e serão pagos. Então confira a renda que os jovens ganham com empregos de meio período abaixo.

  • Valor recebido por hora de trabalho: 4,26 reais;
  • 20 horas semanais: R$ 440,19;
  • 22 horas semanais: R$ 484,21;
  • 23 horas semanais: R$ 506,22;
  • 30 horas semanais: R$ 660,30;
  • 40 horas semanais: R$ 880,38;
  • Quando o jovem era aprendiz de banco, trabalhava 20 horas semanais: 537,90 reais.
  • Aprendiz de banco: 806,85 reais.

Vale ressaltar, no entanto, que esses números definidos pelo Ministério do Trabalho, mas se as empresas quiserem pagar mais, fica a seu critério.

No entanto, os valores podem ser inferiores aos valores acima mencionados. Afinal, o programa coordenado por uma regra que justifica salários, férias e horas.

Além disso, há aspectos que tornam esse modelo muito atraente para os jovens, principalmente porque o trabalho não pode afetar os jovens na escola. Ou seja, a empresa cumpre o contrato e entende que o funcionario não pode fazer hora extra.

No entanto, também existem regulamentações de que os jovens da empresa não podem trabalhar à noite, mas apenas durante o dia.

Portanto, os jovens sempre terão como base o salário do ano corrente, portanto, sempre o salário mínimo exigido, e depois modificar o valor com base no desempenho.

Espero que este artigo tenha ajudado !

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.